Preparem-se, vem aí o Oracle Open World Latin America 2016.

A Lustrabits como sempre estará presente, mas dessa vez apresentará, no evento, o Projeto de Identificação de Fraudes no ICMS utilizando plataforma completa da Oracle de Business Analytics e Exadata.

É um projeto único e um dos primeiros, em sua proposta, no Brasil. O reconhecimento desse projeto premia um ano de muito trabalho e superação de muitos desafios.

Agradecemos a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas, nosso parceiros e nossa equipe pelo grande empenho e por todo o trabalho realizado.

O evento

O Oracle OpenWorld Latin America, acontece no Transamérica Expo Center, em São Paulo, de 28 a 30 de junho. Com muitas oportunidades de networking, esta edição do evento também abordará como as empresas de diversos portes e setores podem simplificar seus processos e acelerar a inovação com o uso de soluções na nuvem .

Temas atuais, como disruptura digital e crescimento dos negócios com empreendedorismo, fazerm parte da programação dos keynotes do encontro, que contará com reuniões executivas em paralelo para CMOs (Chief Marketing Officer), CFOs (Chief Financial Officer), CHROs (Chief Human Resources Officer) e CIOs (Chief Information Officer). Uma das novidades do Oracle OpenWorld Latin America ficará por conta de uma sessão exclusiva para pequenas e médias empresas e start-ups, que necessitam custos baixos e serem mais competitivas.

O conteúdo ganhará força com o pavilhão de exposições com a participação dos parceiros do ecosistema de negócios da Oracle e apresentações de showcases sobre as principais novidades da plataforma completa de cloud, dos aplicativos ao data center.

As inscrições podem ser feitas pelo site:
https://www.oracle.com/br/openworld/index.html

Nossa Apresentação

 

O projeto de “Machine Learning”, construído com Advanced Analytics, Oracle R, Business Intelligence, Data Visualization e Exadata, para a automação do processo de auditoria fiscal sobre o trâmite de mercadorias intra e inter estadual, utiliza o processamento avançado de algoritmos de “text-mining”, de classificação e de clusterização, para identificar produtos com alíquotas de ICMS pagos a menos pelo contribuinte, seja pela incorreta informação dos dados na Nota Fiscal Eletrônica ou pelo subfaturamento dos itens da nota fiscal. A sessão tem abordagem prática com a apresentação dos algoritmos estatísticos utilizados na detecção de fraudes bem como na solução em execução em tempo real.
Quarta-feira, jun 29, 12:45 p.m. – 1:30 p.m. | Mezanino: Sala 10

Author: webmaster

Deixe uma resposta